A criação de um novo hábito não é nada fácil. Substituir um hábito ruim por outro melhor então, menos ainda.

Mas antes de mais nada, de mudar qualquer hábito em sua vida, um questionamento se faz muito importante: você sabe como um hábito é formado em sua mente?

 Tudo começa lá na primeira infância. Somos programados por nossa genética, pelo ambiente em que vivemos e pelas pessoas responsáveis por nossa educação. Nesta fase, todos os ensinamentos ficam armazenados em nosso inconsciente, formando o chamado “paradigma”, que nada mais é do que uma junção de vários hábitos que aprendemos nos primeiros anos de vida.

 E um hábito nasce de ideias que são transmitidas para nós com uma alta frequência, até que fiquem gravadas em nossa mente. Exatamente assim que o ensinamento de escovar os dentes após as refeições vira um hábito, e se torna algo automático em nossas vidas.

Em um determinado ponto da vida, todos nós começamos a desenvolver a parte consciente da mente, aquela que usará ferramentas e filtros, como a intelectualidade e a lógica, para gerar pensamentos.

E pensamentos da mente consciente estão sempre em harmonia com o nosso paradigma.

Se em seus primeiros anos de vida, você foi induzido a acreditar em crenças limitantes, como “se você não nasceu rico, nunca será rico” ou “a vida é difícil” ou ainda “trabalhe por dinheiro e não por amor”, todos esses paradigmas irão refletir diretamente em seus pensamentos.

 Sem falar no impacto em suas atitudes! O grande problema aqui é: aquilo que está armazenado em nosso inconsciente é o que influencia diretamente nas suas ações e não o pensamento consciente e racional.

O que explica, por exemplo, o fato de uma pessoa muito acima do peso, saber que comer uma barra de chocolate por dia faz muito mal à sua saúde, mas decidir comer mesmo assim.

A mudança que precisa ser feita para gerar uma ação diferente é muito mais profunda e demorada.

Mas não se preocupe, pois isso não significa que você não possa quebrar os velhos paradigmas e descobrir como mudar hábitos que estão atrasando seu avanço.