Oi Gente, tudo bem? Queria compartilhar com você algo que aconteceu comigo ontem e mostra bem esta questão do diálogo interno, esta fala que vem da mente e acaba nos dizendo o que devemos ou não fazer.

Ontem foi um dia bem tumultuado pra mim. Eu trabalho em uma empresa e além disto atendo pacientes, além dos clientes de Coaching de Emagrecimento e  do Programa EmagreSemente. 

Ontem passei o dia todo pensando que eu tinha que ir pra academia, antes de ir para o estúdio gravar o curso, mas me bateu um cansaço muito grande, ainda mais depois que  eu encostei 10 minutos no sofá. Mas eu sabia que precisava ir, nem tanto pela questão estética, mas eu tenho um problema no joelho e eu não posso ficar sem treinar. Foi aí que começou a “briga”. 

Coloquei minha roupa, sentei na cama e pensei “não vou, vou terminar as coisas que preciso ajeitar”, e ao mesmo tempo eu ficava pensando que eu tinha que ir porque era a última janela disponível na minha semana. Foi aí que eu comecei a fazer perguntas, para ajudar meu cérebro a pensar. 

Eu sabia que era a minha última oportunidade de treinar esta semana, e me perguntei. “Você não vai ter outro dia disponível, tem certeza que você não vai?”, e é claro que a resposta vem fácil, porque a mente está sempre buscando formas de se manter no mínimo esforço. Este argumento não me convenceu.

Então pensei assim: “Se você não for treinar seu joelho vai ficar ruim, e aí como vai ser se você ficar com dor e não conseguir fazer nada?”. Essa pergunta já me deu uma sacudida e então para fechar a conversa, eu me perguntei: “Você paga academia para treinar ou só para jogar dinheiro fora?” Aí doeu, essa cutucada doeu. Levantei, acabei de me arrumar e fui pra academia.

Foi a melhor coisa que fiz, porque calei aquela vozinha que ficou o dia todo na minha cabeça dizendo que eu tinha que ir pra academia…

É este tipo de trabalho que devemos fazer com a nossa mente durante um processo de emagrecimento, porque as pessoas que estão com sobrepeso estão acostumadas a ter essa voz falando para comer, com diálogos do tipo: “O dia hoje foi tão estressante, vou comer”, “Já estou gorda mesmo, que diferença faz se eu comer hoje?”. Estes argumentos vão fazendo você ficar cada vez mais estagnado, que é o que o seu cérebro quer, e assim você vai ficando cada vez mais longe do seu objetivo.

Estou compartilhando isto que aconteceu comigo para dizer uma coisa pra vocês:  Este trabalho interno tem que ser uma constante nas nossas vidas, em tudo. 

Mesmo em  uma pessoa que já tem certo comportamentos incutidos na mente podem se deparar com este tipo de diálogo sabotador e limitante. E se você não estiver preparado e não tiver a percepção de que isto acontece e que essa voz quer te poupar de qualquer esforço, você não vai conseguir conquistar seus objetivos. Isso não é só no emagrecimento, é em todas as áreas. Tudo o que te provoca medo e  que te desafia, sua mente vai querer te proteger dos perigos e te manter seguro na sua zona de conforto.  

O problema é que nem todo mundo consegue identificar essas vozes e administrá-las, e assim acabam sendo tratadas como um pensamento automático e verdadeiro. Mas a verdade é que muitas vezes precisamos nos convencer do que precisamos fazer, porque a mente vai querer permanecer na zona de conforto.

Eu tenho certeza que assim como eu e outras que utilizam estas técnicas, se você conhecer e passar a utilizá-las, você também vai conseguir se livrar de vários padrões que te incomodam.

Nós tratamos de todas estas questões no Programa EmagreSemente. Os quatro pilares fundamentais que sustentam o emagrecimento inteligente são: Mindset, Autoestima, Alimentação Consciente e Inteligência Emocional. Conheça! 

Melina Schio